06/08/2020

Política

Governo publica no DOE protocolos para reabertura de quatro setores na próxima semana

Por Wanderson Camêlo O Governo do Piauí publicou, oficialmente, protocolos específicos para reabertura de quatro setores da economia já na próxima segunda-feira (06). Na primeira […]

Publicado por: Luciano Coelho 03/07/2020, 14:26

Por Wanderson Camêlo

O Governo do Piauí publicou, oficialmente, protocolos específicos para reabertura de quatro setores da economia já na próxima segunda-feira (06). Na primeira etapa de liberação poderão funcionar os setores de saúde animal, saúde humana, cadeia de serviços automotivos e construção civil.

O executivo piauiense publicou, no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (02), os decretos contendo orientações de prevenção e controle da disseminação da Covid-19 para os segmentos que poderão reabrir nessa semana.

O governador do Estado do Piauí, Wellington Dias (Foto: reprodução/Facebook)

A área da educação ficou de fora do cronograma e será liberada, de acordo com o governador, em “uma última etapa”. Não foi definido prazo.

Também na quinta-feira, Dias realizou live para apresentar o resultado da nova rodada da pesquisa sorológica sobre a Covid-19 no estado, a qual mostrou uma queda na taxa de reprodução do coronavírus: de 1,8, por indivíduo infectado, para 0,87 em 10 dias. Os dados são do Inquérito Soroepidemiológico realizado entre os dias 27 e 30 de junho, encomendado pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesapi) junto ao Instituto Piauiense de Opinião Pública (Amostragem).

“Nesse sábado e domingo a gente quer uma freada ainda maior, por isso eu conto aqui com você para que a gente possa, com isso, ter uma adesão ainda maior nesse sábado e domingo, onde a gente terá o funcionamento de farmácia, de delivery, os postos de combustíveis nas rodovias, funcionando também áreas de alimentação. Qual é o objetivo de todo esse esforço? É que possamos chegar a, conforme está no decreto, na próxima segunda-feira, dia 06 de julho, com uma perspectiva de ter controlado o coronavírus, ter controlado a transmissibilidade”, destacou o governador.

A estimativa é de que o Estado possua 416.696 infectados, ou seja, 22 vezes mais do que as 19.158 notificações registradas pela Secretaria de Saúde no período do estudo. Assim, o Piauí teria 22 casos infectados para cada notificação oficial.

Foto: divulgação/Governo do Estado do Piauí

Outra importante conclusão apresentada no novo relatório é de que a população que já foi exposta ao novo coronavírus e se recuperou tem aumentado em proporção maior do que os novos infectados. Os dados levantados pelo Instituto Amostragem apontam que cerca de 15% dos piauienses já foram expostos ao vírus, incluindo pessoas em isolamento social.

Confira logo abaixo o cronograma de funcionamento para os setores que vão reabrir dia 06/07:

Setor de saúde animal: poderão funcionar as clínicas e consultórios veterinários. Já no de saúde humana serão permitidos o atendimento em Consultórios e Clínicas médicas; Clínicas e Consultórios de Odontologia; serviços de Fisioterapia (excetuada a área estética e cosmetologia) e Terapia Ocupacional; serviços de Psicologia; Consultórios, Clínicas e Serviços-Escolas de Psicologia; serviços de Fonoaudiologia; serviços de Nutrição; atendimento em Clínica de Radiodiagnóstico Médico; Serviço Social.

Cadeia dos Serviços Automotivos: será possível o funcionamento de Comércio e Reparação de Veículos Automotores, que envolve comércio de veículos automotores, motocicletas, de peças e acessórios, representação comercial de peças e acessórios, serviços de manutenção e reparação de veículos; Transporte de Passageiros, que envolve o transporte público municipal por ônibus ou metrô; o transporte urbano de passageiros por vans, micro-ônibus ou equivalente, táxi, veículos com serviço por aplicativo, bem como o transporte intermunicipal de passageiros, incluindo o serviço convencional, alternativo, semiurbano, ou fretado, entre outros.

Construção Civil: estão autorizados o funcionamento da Indústria da Construção Civil, que envolve construção de edifícios, obras de infraestrutura, atividades de demolição e preparação do terreno, perfurações e sondagens, instalações elétricas e hidráulicas, obras de acabamento, montagem de estruturas temporárias, administração de obras, entre outras atividades referentes à construção; da Indústria de Transformação de Materiais, que envolve atividades de fabricação (madeira, material plástico, vidro, concreto, cerâmica, estrutura metálica, minerais não metálicos e produtos diversos à utilizados em obras e construções), manutenção e instalação de máquinas; da Indústria de Transformação de Máquinas, que envolve instalação de máquinas e equipamentos, reparação, instrumentos e materiais para uso médico.

Para o iniciar o funcionamento, o estabelecimento é obrigado a apresentar o Plano de Segurança Sanitária e Contenção da Covid-19, na modalidade simplificada ou ampliada conforme a dimensão do estabelecimento. A apresentação se dará em meio virtual através da inserção do Plano de Segurança no site PRO PIAUÍ, link propiaui.pi.gov.br.

Com informações do governo do Piauí

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • redacao@notempo.com.br
No Tempo