22/09/2020

Política

Joice Hasselmann diz que partidos da oposição que tentaram acordo com o PSL são alinhados a Wellington Dias

Por Wanderson Camêlo Depois de muita demora, o PSL resolveu anunciar adesão à chapa encabeçada pelo pré-candidato tucano à prefeitura de Teresina, Kleber Montezuma. A […]

Publicado por: Luciano Coelho 10/09/2020, 14:26

Por Wanderson Camêlo

Depois de muita demora, o PSL resolveu anunciar adesão à chapa encabeçada pelo pré-candidato tucano à prefeitura de Teresina, Kleber Montezuma. A sigla manteve diálogo com várias chapas da oposição que vão entrar no pleito, mas o acordo não foi selado, de acordo com a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP), porque os grupos que manifestaram interesse na aliança têm alinhamento com o governador  Wellington Dias (PT).

“Depois de muitas conversas, nós vimos que todos os partidos que nos procuraram têm um alinhamento com o Wellington Dias, têm um alinhamento com esse governo, que afunda o Piauí, que afunda Teresina. Nós realmente não podemos nos aliar a ninguém que esteja roçando a cerca para o lado do populismo da esquerda”, declarou a parlamentar, que é interlocutora do diretório nacional do PSL.

A deputada federal Joice Hasselmann, do PSL (Foto: reprodução/UOL)

Antes de fechar com o time tucano, a legenda foi procurada pelo MDB, PSD, PL e PV. Os quatro têm pré-candidaturas postas para buscar a sucessão do comando do executivo teresinense. 

O PSL anunciou oficialmente o apoio a Montezuma em solenidade que aconteceu no último dia (04). Além do pré-candidato e do presidente municipal do PSL, esteve presente no evento o prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB) e os vereadores Luís André (presidente do PSL-PI) e Zé Filho (PSL).

Como não marcou presença, Joice enviou um vídeo (exibido na ocasião) elogiando a aliança e tecendo críticas ao atual governador do Piauí. 

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • redacao@notempo.com.br
No Tempo