13/07/2020

Política

Firmino Filho e secretariado da prefeitura terão redução salarial de 15%

Por Wanderson Camêlo Em meio a críticas da oposição, a Câmara Municipal de Teresina aprovou mensagem do executivo que estabelece corte de 15% no salário […]

Publicado por: Luciano Coelho 24/06/2020, 14:27

Por Wanderson Camêlo

Em meio a críticas da oposição, a Câmara Municipal de Teresina aprovou mensagem do executivo que estabelece corte de 15% no salário do prefeito Firmino Filho (PSDB) e secretariado. A matéria passou  por primeira votação na sessão plenária desta quarta-feira (24).

Com a redução, o executivo municipal pretende economizar R$ 100 mil, mensalmente, valor considerado irrisório por parte do oposicionista Dr. Lázaro (Patriota). “R$ 100 mil não vai resolver, por exemplo, o problema da falta de medicamentos que imperou durante duas semanas nas Unidades Básicas de Saúde”, rebateu o vereador.

Câmara de Vereadores de Teresina (Foto: divulgação)

Representante da base governista, Samuel Silveira retrucou. “Esse projeto objetiva, de maneira bem clara, duas mensagens. Primeiro: o compromisso com a austeridade. Ele passa uma mensagem para a população que, independente de setor, independente de escalação, há um compromisso da prefeitura em economizar”, disse.

O corte não vai atingir os órgãos da Saúde e deve viger até durante o estado de calamidade decretado por conta da pandemia da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Para ser aprovada, a mensagem deve passar por segunda votação.

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • redacao@notempo.com.br
No Tempo