09/07/2020

Política

Governadores do Nordeste se reúnem para tentar erradicar a peste suína

Os governadores do Nordeste se reúnem hoje 23 em Recife e pretendem adotar medidas para evitar a proliferação da peste suína na região. No Piauí […]

Publicado por: Luciano Coelho Repórter: Luciano Coelho 23/04/2019, 10:05

Os governadores do Nordeste se reúnem hoje 23 em Recife e pretendem adotar medidas para evitar a proliferação da peste suína na região. No Piauí foram identificados focos e por isso foram adotadas medidas fitossanitárias para evitar a propaganda da doença.

Um Centro de Operações de Emergência Zoosanitária está sendo instalado no Estado para erradicar os focos de peste suína. A Agência de Defesa Agropecuária do Piauí (Adapi) confirmou dois focos da doença em Lagoa do Piauí. 21 suínos foram sacrificados como medida de contenção da doença. A vigilância ocorre em todo o Estado para identificar possíveis focos.

Governadores do Nordeste se reúnem hoje em Recife, em Pernambuco

O gerente de Defesa Sanitária Animal da Adapi, Idílio Moura, afirmou que os criadores dos suínos sacrificados estão sendo indenizados, para reduzir os prejuízos causados. Ainda está proibido o trânsito interestadual de suínos. Apenas o trânsito interno estava proibido.

O centro é composto por  médicos veterinários do grupo de emergência da ADAPI e representantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). “O Centro de Operações é um espaço para abrigar pessoal e realizar todas as operações na emergência. Todas as medidas e ações são determinadas por meio dele”, explicou Idílio. ” Por exemplo, está proibida a saída do Piauí para fora até porque os outros estados irão bloquear o ingresso de suínos do Piauí nos seus estados”.

“Já conversei com os governadores do Nordeste e apresentei uma proposta para que as agências de vigilância possam se reunir até o início de maio. No dia 23 teremos um encontro em Recife com o objetivo de tomar uma decisão para ações integradas”, comentou o  governador Wellington Dias.

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • redacao@notempo.com.br
No Tempo