20/09/2020

Geral

Sintetro decide paralisar todo o transporte público em Teresina

O Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Rodoviários do Piauí (Sintetro) decidiu, através de assembleia virtual realizada nesta segunda-feira (11), deflagrar greve no transporte […]

Publicado por: Luciano Coelho Repórter: Luciano Coelho 11/05/2020, 13:38

O Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Rodoviários do Piauí (Sintetro) decidiu, através de assembleia virtual realizada nesta segunda-feira (11), deflagrar greve no transporte público.

O presidente do Sintetro, Fernando Feijão, disse que a situação dos trabalhadores é crítica e que a greve está marcada para iniciar às 0h de quinta-feira (14).

Motoristas e cobradores param atividades a partir de quinta-feira

“A categoria não aceita a situação em que a gente está submetido. As empresas estão demitindo os trabalhadores sem pagar os direitos trabalhistas. No pagamento deste mês agora só pagaram apenas os 30% do salário que o trabalhador tem direito. Estamos sem plano de saúde, ticket alimentação. Fizeram isso até com quem não fez adesão à MP 936 . Deixaram  trabalhador a ver navios. O pessoal do grupo de risco, que foi afastado, não recebeu nada. A situação é preocupante”, desabafou o presidente do Sintetro.

O presidente do Sintetro, Fernando Feijão, disse que a paralisação não vai obedecer aos 30% da frota rodando

Atualmente, por causa das medidas para evitar a disseminação do coronavírus, apenas 30% da frota de ônibus está circulando. O Sintetro garante que todos os trabalhadores cruzarão os braços e nenhum percentual irá circular durante a greve.

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • redacao@notempo.com.br
No Tempo