ÚLTIMAS
Governo reúne equipe e economista para buscar soluções para Previdência   //   Bolsonaro assina decreto que facilita posse de armas  //   PRF fez mais de 2 mil autuações por ultrapassagem proibida e excesso de velocidade no Piauí  //   Conta de energia sofre reajuste e sobe 12,64% no Piauí a partir de dezembro   //   Economia brasileira cresce 1,74% no terceiro trimestre, diz Banco Central  //  

Quinta, 21 de fevereiro de 2019
Chico Leal
Louvando a quem merece
20/02/2019 09:25
Compartilhar
Download


O Piauí perdeu um de seus mais ilustres filhos, senão o mais ilustre de todos.

Morreu ontem, aos 87 anos, no Rio de Janeiro, João Paulo dos Reis Velloso.

Piauiense de Parnaíba, João Paulo dos Reis Velloso foi um dos mais festejados economistas do Brasil, chegando inclusive ao cargo de ministro do Planejamento nos governos dos generais Emilio Garrastazu Médici e Ernesto Geisel.

O Piauí deve muito a este homem. E como deve.

A ascensão de Reis Veloso aconteceu exatamente numa época em que o Piauí, seu estado natal, era motivo de deboche de Norte a Sul do país. 

O Piauí era um negócio esquisito, muito distante, do qual todos queriam distância.

A bandeira do Piauí - mostrava uma importante revista de circulação nacional -  era um couro de bode.

Outra grande revista dizia que a população de Teresina fez fila no aeroporto para beijar o Caravelle, o grande avião da época, em seu primeiro pouso por estas bandas.

Uma das frases mais citadas até então era: conheça o Piauí antes que ele se acabe.

O piauiense não vivia, escapava.

Por estes poucos exemplos é possível se ter uma ideia da imagem que o Piauí exportava.

Puro deboche.

E foi com João Paulo dos Reis Velloso que começamos a sair do anedotário nacional.

Foi com João Paulo dos Reis Velloso, através de seu conterrâneo Alberto Silva, que começamos a mudar essa imagem.

Foi com João Paulo dos Reis Velloso que ganhamos asfalto do litoral ao extremo sul; Foi com Reis Veloso que sonhamos mais forte com um porto de mar;

Foi com João Paulo dos Reis Velloso que começamos a pensar na exploração turística de nossas praias, na montagem de uma infraestrutura que nos levaria a industrialização no futuro.

Foi com João Paulo dos Reis Velloso que ganhamos escolas e universidade.

Foi com Reis Velloso que o Piauí mudou sua cara. Foi com os recursos que ele sempre garantiu a seu estado, que chegamos a acreditar no futuro.

O ex-ministo Reis Velloso, não só por sua obra, mas, sobretudo,  pelo amor que devotou ao Piauí,  é digno de todos os elogios. É digno de toda louvação.

É impossível separar o avanço do Piauí dos anos 70 da ação do ministro João Paulo dos Reis Velloso. Simplesmente impossível.

João Paulo dos Reis Velloso nunca esqueceu sua terra. Nunca esqueceu sua Parnaíba nem sua Teresina.

Reis Velloso sonhou com um Piauí grande, com um Piauí diferente; sonhou com um Piauí sem atraso e sem deboche.

Se mais não fez, foi culpa do tempo, esse ingrato que sempre tem pressa.

 

Teresina FM-TV
Teresina FM-Rádio

Teresina FM-Site
Enquete
O que você espera do presidente eleito Jair Bolsonaro?

O país vai melhorar
O país vai piorar
Não vai acontecer nada


FATO
A sua
revista
eletrônica
No Tempo é o seu portal de notícias, política, entretenimento e muito mais. O complexo de comunicação trabalha a todo momento, para deixar você mais atualizado.


Fale Conosco
E-mails
Quem Somos
Redes Sociais