ÚLTIMAS
Governo reúne equipe e economista para buscar soluções para Previdência   //   Bolsonaro assina decreto que facilita posse de armas  //   PRF fez mais de 2 mil autuações por ultrapassagem proibida e excesso de velocidade no Piauí  //   Conta de energia sofre reajuste e sobe 12,64% no Piauí a partir de dezembro   //   Economia brasileira cresce 1,74% no terceiro trimestre, diz Banco Central  //  

Quinta, 21 de fevereiro de 2019
CHUVA NO RIO
Sobe para sete o número de mortos no Rio de Janeiro
Joyce Fernanda/ Com Informações: G1 - 09/02/2019 09:05
Na manhã deste sábado, o Centro de Operações cancelou o estágio de crise implantado às 22h15 de quarta (6).
Compartilhar
Download


Morreu hoje, sábado (9) Áureo Paz, 64 anos, uma das vítima do deslizamento de terra em Barra de Guaratiba, Zona Oeste do Rio, um dos desastres provocados pela forte chuva da última quarta-feira (6). No desmoronamento já tinham morrido a mulher, Isabel, e o filho, Mauro.

“Não deu para a gente socorrer. Não deu pra fazer mais do que eu pude”, diz Ari da Paz, irmão de Áureo, ainda na madrugada da tragédia.

 

Na manhã deste sábado, o Centro de Operações cancelou o estágio de crise implantado às 22h15 de quarta (6) e pôs a cidade em estágio de atenção. A escala do COR é graduada em três níveis: normalidade, atenção e crise.

 

A estiagem foi determinante para o recuo, mas a interdição da Avenida Niemeyer ainda pesou para a manutenção do sobreaviso.

 

Outras vítimas

 

Avenida Niemeyer: Tamires Alves dos Santos e Mário Salles de Lucena estavam no ônibus soterrado por uma árvore;

 

Barra de Guaratiba: Isabel Paz, 56 anos, e Mauro Paz, 33 anos, esposa e filho de Áureo; morreram na hora com o desabamento;

 

Rocinha: Adriana Santos morreu depois de ser soterrada e sofrer uma para cardíaca;

 

Vidigal: uma mulher identificada como Marisa morreu na queda de um muro.

Na manhã de quinta-feira (7), a Defesa Civil visitou o local onde vivia a família e interditou cinco casas na vizinhança.

 

Ari também viu a própria casa ser invadida pela lama. Ele contou que por volta das 21h50, ouviu um estalo e saiu correndo de casa para procurar abrigo. Foi então que viu os parentes em apuros no lamaçal. O trabalho dos bombeiros no local só terminou às 5h da manhã, quando conseguiram encontrar o corpo de Mauro.

 

 

Teresina FM-TV
Teresina FM-Rádio

Teresina FM-Site
Enquete
O que você espera do presidente eleito Jair Bolsonaro?

O país vai melhorar
O país vai piorar
Não vai acontecer nada


FATO
A sua
revista
eletrônica
No Tempo é o seu portal de notícias, política, entretenimento e muito mais. O complexo de comunicação trabalha a todo momento, para deixar você mais atualizado.


Fale Conosco
E-mails
Quem Somos
Redes Sociais